COROA CAVALA DANÇANDO FUNK DE FIO DENTAL SOCADO NO RABO

COROA CAVALA DANÇANDO FUNK DE FIO DENTAL SOCADO NO RABO

COROA CAVALA DANÇANDO FUNK DE FIO DENTAL SOCADO NO RABO

No sabado não fui trabalhar, o Manuel chegou no mesmo horario, Sofia, já estava pronta, novamente com uma saia bem curta e fio dental, levantou a saia e me perguntou será que ele vai gostar, a calcinha preta bem pequena mal cobrindo a bunda e xoxota, e a blusa transparente sem sutiã, com um jaleco por cima, sairam já no carro vi quando ela riu e deu um beijinho no rosto dele, fiquei em casa, era pra ela voltar as nove horas, ela chegou as 10:30hs, com o jaleco na mão sem batom e meio despenteada, foi entrando pro quarto e me chamou, quando entrei ela rindo levantou a saia sem calcinha, me deu um beijo e disse amor ja passei e fui passada, fui tirando o short e nos deitamos eu disse me conta, ela disse que assim que entrou no carro ele foi pra um local mais deserto, fui pra direção lá e ai ele disse que ja tinha acertado tudo, foi logo pegando na sua perna, no começo ficou tremula, mais não tirou a mão dele da sua perna, então ele foi subindo a mão mandou ela parar o carro, a essa altura ele já estava pegando na sua xoxota, ele notou que ela tava toda melada, fastou sua perna e ela não teve reação, meteu o dedo na sua xoxota e ela suspirou, ele puxou a mão dela pra o pau dele, ela pegou por cima da calça ai não teve mais reação a não ser tirar seu pau da calça e começar um chupeta, ele tirou uma camisinha do porta luva e mandou eu coloca-la, o pau dele é bem maior e mais grosso que o seu, coloquei a camisinha dei outra chupadinha e sentei no seu pau no banco de passageiro, fiquei de costa pra ele, ele me segurou pela cintura e mandou ver, gozei gritando chamando ele de safado, ele me puxando pela cintura, gozei umas 3 vezes naquele velho gostoso, só sai de cima quando ele gozou, tirou a camisinha e mandou eu limpar com a boca, por isso meu amor me beija pra sentir o gosto do gozo dele, depois não tive mais força para fazer as aulas e ele veio me deixar, olha como tá tua xoxotinha toda esfolada, então comecei a chupar sua xotota, depois meti devagar pois tava ardendo da camisinha, gozei rapidinho, nos deitamos e acordamos pro almoço, e foi assim minha primeira vez como corno. Nas primeiras páginas, o que tinha era uma loira cavala bem deliciosa em poses que me deixavam de pau duro toda vez que abria aquela revista.

Agora eu metia e tirava até a metade e metia denovo, encostando os bagos na bunda dela, que delicia de buceta bem quentinha, dei uma parada pra não gozar e fiquei com o pau latejando dentro dela, comecei a bombar mais rapido como o cão faz, e senti ela mexer com as patas traseiras como se estivesse dançando, senti que ela iria gozar e meti mais forte e mais rapido o pau todo dentro dela, não aguentei muito tempo e começei a gozar uhhhhhh cheguei a gemer de tesão.

rnEnvaidecida um beijo no rosto nele e agradeci por me receber com tantos elogios e ele continuou:rn-é…to vendo que meu filho demorou pra trazer uma moça em casa…mas quando isso aconteceu se superou… trouxe logo uma das mais lindas da cidade…estava até preocupado…30 anos e solteiro…tinha que tomar juízo!rnPercebi que tinha caído nas graças de meu ?futuro sogro rico? e como de boba não tinha nada, sempre que tinha chance paparicava o coroa charmoso e logo também notei que ele era bem safado, pois algumas vezes peguei-o dando umas alisadas em uma empregada bem jovem que trabalhava na casa. Mas quando cheguei em casa, vi uma cena que já mais queria ver, no sofá da sala eu já vi a saia e a blusa da minha irmã, entrando pelo corredor, encontrei a sua calcinha, na porta do quarto encontrei o seu sutiã a minha irmã estava de quatro em cima da cama, com o pau do meu marido socado no seu cuzinho, me aproximei e fiquei olhando, ele fodendo o cuzinho da minha irmã, quando o meu marido me viu, ele falou oi amor tira a roupa e venha se divertir, minha irmã estava gemendo e rebolando no pau do meu marido, ela olhou pra mim e falou, vem cá maninha deixa eu chupar a sua bucetinha, vem que eu vou fazer você gozar na minha boca.