Dei O Cu Muita Dor

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Dei O Cu Muita Dor

Dei O Cu Muita Dor

Gabi parecia chocada e não era pra ser diferente, nossos pais sempre nos deram muita liberdade pra tudo, mas ver nossa tia me dando, pareceu um pouco demais pra ela.

No próximo conto,relato como foi a historia de um cu que não foi perdoado.

Fiquei ainda mais excitada quando ele começou a falar sobre umas coisas bobas, explicando que tivera de voltar porque esquecera alguma coisa.

Fui dirigindo e quando entramos na auto-pista, ele me começou a dizer coisas que me deixaram doido de tesão, falou que desde o dia que me conheceu, ficou com uma vontade enorme de transar comigo e aí, eu que sempre tive uma fantasia de entrar em um motel com um policial, propus a ele, que fossemos agora, pois ele ainda tinha umas tres horas até iniciar seu plantão e ele topou na hora, pois já estava escurecendo e na portaria do motel não iria ter problema. Ele a carregou para o quarto, colocou-a deitada na cama, fez ela ficar na posição de frango assado e lambeu a xotinha de tal forma que ela gemeu, descontrolada. Ele me levantou do chão e falou: essa foi a primeira transa de muitas que ainda vamos fazer.

Ela novamente jogou o corpo na minha direção e permaneceu encostada em mim. e disse_ tem certeza que minha tia só vai chegar no fim da tarde? ele disse que sim.

– Eish! Desculpa!, exclamei eu, num susto desvairado assim que vi a água a espalhar-se toda pelos lençois. Sempre em nossas relacoes agora era constante fantasiar-mos outro homem fazendo loucuras com minha mulher inclusive coisas ate que eu nunca tinha feito com ela… mas pra mim aquilo nunca iria sair da nossa imaginação… passamos mais de 6 messes desse jeito apenas fantasiando.

Encostada parede, ela abriu as pernas e pude sentir o cheiro de uma xana limpa, depilada e muito linda. "Com rapidez um de seus dedos me penetraram, fazendo-me soltar um gemido/grito, o seu dedo me invadia e brincava entrando e saindo, deixando-me ainda mais excitada.