Filme Amador Coroa Casada Fazendo Sexo Anal Com Negro Dotado E Marido Gravando

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Filme Amador Coroa Casada Fazendo Sexo Anal Com Negro Dotado E Marido Gravando

Filme Amador Coroa Casada Fazendo Sexo Anal Com Negro Dotado E Marido Gravando

""Eu sou a Leila, tenho trinta e dois anos, sou casada e não tenho filhos, apesar dos meus trinta e dois anos o meu corpo continua o mesmo, seios durinhos, coxas grossas e uma bundinha arrebitada, que causa confusão por onde eu passo, mas a minha irmã casula e muito mais bonita e muito mais gostosa do que eu, ela tem vinte anos é solteira e tem um corpo que é um espetáculo, confesso pra vocês, apesar de me achar uma mulher fora de serie, eu sinto inveja daquele corpo perfeito que ela tem, até o meu marido, que morre de ciúmes de mim, vivi arrastando as assas pra cima dela, eu já peguei os dois varias vezes de segredinhos um com o outro, quando eu chego perto eles mudam de assunto.

Continuei novamente a comer minha “mulherzinha”,abaixei meu shorts até os joelhos e fiquei deitado na cama me acabando de fuder aquela bundinha gostosa daquele boneco até que resolvi ficar de joelhos,coloquei a cabeça dele na minha frente e enfiei meu pau duraço na sua boca,ele estava me mamando,fazendo uma chupeta,fiquei assim por mais tempo pois não queria que acabasse aquela delícia,minha respiração ficou ofegante,segurei na cabeça do meu amigo e a forcei para fazer mais pressão,quando não aguentei mais segurar,senti uma explosão de prazer e inúmeras ondas faziam meu pinto e corpo tremerem(se eu tivesse esperma,poderia afirmar que havia gozado na boquinha dele),sentei na cama com o shorts abaixo da cintura e coloquei o boneco ao meu lado,estava feliz e satisfeito,respirava aceleradamente e com o coração a mil por hora e,embora muito saciado,quando olhei para o meu pau,vi que ele continuava duro e pulsando,eu gemia de tanto prazer e quando iria me recompor,Danilo entra no quarto pois na hora do tesão,deixei a porta apenas encostada e ele havia visto tudo,disse que iria contar para minha mãe que eu estava pelado em cima do meu boneco de pelúcia fazendo movimentos e mexendo no pinto. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Ela respondeu com um tá certo, sem muita convicção, deu uma risadinha de lado e falou que se eu mudasse de ideia ela poderia falar com Jonas, segundo ela, um homem lindo, carinhoso, bem dotado e muito bom de cama, que eu iria adorar. ESTOU DOIDO PARA FAZER TUDO D NOVOIniciei o serviço na manhã de quarta e depois de muita pesquisa o serviço foi criando luz pelos ambientes, mas no decorrer do serviço meu amigo teve que se ausentar para socorrer um parente e eu ficamos sozinho, é uma vila bem aconchegante e só existe um morador que vive direto lá, um senhor de 72 Anos, magro, corpo definido sem pelos, bem bronzeado, um coroa de bem com a vida, falador e sempre a disposição, chegou a hora de almoçar e fui tomar um banho, descobri que a água do meu amigo havia sido cortada, pois ele ficou muito tempo sem ir lá e por isso cortaram a água, falei com o senhor que mora ao lado, vou chama-lo de Luiz, e pedi um pouco d’água para tomar banho, ele me atendeu só de sunga dizendo que o chuveiro fica bem na entrada e que eu poderia usar a qualquer momento, ligou a água e tomou uma ducha na minha frente para mostrar como ligava o chuveiro, sem modéstia nenhuma ele abaixou a sunga e lavou suas partes e falou que eu poderia provar também, dei um sorriso e ele não entendeu. Após uma boa sessão de amasso os dois foram para o quarto, ela tirou o hobby e ficou seminua pra ele em segundos, ele tirou parte da farda, ela ajoelhou-se em sua frente e tirou suas calças, revelando a ferramenta enrijecida, já tomada pela excitação ela acomodou aquele membro em sua boca, pelo menos parte daquilo na boca, pois era muito grande, acho que nunca a vi com tamanha fome, ela engolia aquele pau negro como se o mundo fosse acabar naquele momento, ele sacou o pau da boca dela e a pôs de quatro sobre a cama, ai foi a vez dele cair de boca, ela estremecia a cada chupada que aquele negro dava, parecia que iria virar ela do avesso, depois de lubrificá-la bem ele apontou aquele pau enorme na entrada da buceta dela, foi colocando bem devagarzinho, ela o segurava para que ele fosse com mais calma, depois que a cabeça entrou ele deu uns segundos pra ela respirar e se acostumar com o volume, no momento que ela sinalizou que estava pronta ele apertou nas suas ancas, travou as mãos e com força socou até o fundo dela, ela urrou como eu nunca vi, começaram aquele movimento cadenciado de vai e vem, ela se estremecia e jogava o corpo com força pra trás, parece que ela queria mais pica, mudaram varias vezes de posição, ele fez o que quis com ela e demoraram muito no quarto.

Ele tinha feito comida e então comemos e conversamos! Depois disso, assistimos um filme e no meio do filme ele comecou a passar a mao nas minhas pernas. "Olá, me chamo Haline, tenho 30 anos, 1,70 de altura, loira, olhos claros, seios médios, pernas grossas, é uma buceta muito grande, descomunal mesmo, quase não uso biquíni por isso, mas segundo meu marido é um de meus melhores atributos.