Morena Gostosa Bianca Mattos Transando No Motel Com Seu Amante

Morena Gostosa Bianca Mattos Transando No Motel Com Seu Amante

Morena Gostosa Bianca Mattos Transando No Motel Com Seu Amante

Domingo de manhã,… lá to eu denovo, peladaço de botas e chapeu, botei a ração, lubrifiquei bem a bucetinha, bati uma siririca, pra deixar ela bem estimulada e de cauda erguida, esqueci de dizer meu pau e a buceta dela ficavam na mesma altura, lambuzei o cacete de gel que nessa hora estava duraço, pincelei a racha varias vezes, ajeitei na entrada da bucetinha, fui empurrando e o cabeçudo foi entrando abrindo caminho bem devagar, entrou a metade facil, fiz um vai e vem gostoso, pra deixar ela com bastante tesão, tirava até na entrada e enfiava denovo, sentia ela fazer contraçao com os musculos em volta do pau, segurei a bunda dela com as duas mãos pra ela não sair pros lados, e fui enfiando o pau devagar, ela sentiu a pressão do meu cacete querendo entrar no cabaço , ela arcou as costas pra cima fazendo o mesmo movimento que faz quando vai urinar, e eu acompanhei o movimento fazendo pressão grudado nela, ficou parada e eu tambem, com o pau na porta do cabaço querendo entrar, ela contraia os musculos vaginais e quando soltava o pau entrava um pouquinho, foi fazendo isso, e empurrando a bunda pra tras, bem devagar de encontro ao meu cacete, que foi entrando centrimetro por centrimetro até entarr todo , meu pau latejava de tesão, sentindo os musculos se contrairem em volta dele, da cabeça ao talo aquela pressão gostosa, cara que delicia que é , puxei o pau até o anel e deixei ela contrair aquele musculo bem na cabeça do pau, foi demaissssss,Como ela estava bem calma , fui fazendo um vai e vem lentamente com o pau todo atolado naquele cabaço gostoso, naquela bucetinha quente e macia, apertada e suave ao mesmo tempo, parei mais um pouco pra sentir as contrações,… é uma delicia, ficava olhando meu pau todo enterrado nela….

Voltaram a se beijar e Bianca começou a agir, levando a mão até a virilha de Marcos, apalpando seu pau muito duro.

Eu andava muito nervosa e irritada, como eu ficava em casa o dia inteiro e sem nada para fazer, eu só pensava besteira e já estava prestes a arrumar um amante, para apagar o meu fogo e me deixar mais calma, mas não sei se foi sorte ou se foi assar, mas o inesperado aconteceu, quando eu conheci o meu sogro, eu vi que ele era um coroa enxuto, ele tinha cinquenta e seis anos, ele tinha um físico avantajado e demostrava ser muito forte e nesse meio tempo de angustia, eu já tinha pensado muito em seu corpo viril e a na possibilidade, de te ló em minha cama, era apenas uma fantasia.

"Bom n sou como essas mulheres descritas aqui sou braquinha cabelos loiros um pouco cheinha bunbum grande, o que vou contar aqui eu sou casada com um negao , sabe amo meu marido mais sempre tive fetiche por mulheres , a prima dele veio passar o carnaval aki com a gente ela é uma morena linda com seios grandes, com a bunda linda nossa quando vi ela ja fiquei ate com tesão, na segunda de carnaval meu esposo foi trabalhar e eu fiquei sosinha com ela ela estava deitada no quarto ao lado me masturbei pensando nela ate q criei coragem de ir la no quarto q ela estava, ela estava so com uma blusinha branca q dava pra ver tudo eu pedi para deitar lá e ela deixou eu deitei e fiquei passando minhas pernas nela e ela achou estranho mais n perguntou nada ai resolvi pedi para chupar ela e ela disse q eu podia só um pouquinho, mais quando comecei ela começou a gemer bem alto ai eu aumentei a velocidade com a minha língua e chupei ela todinha, ela me beijou e falou agora e minha vez me chupou todinha e fez eu gozar no se beijamos e ficamos deitas ali , agora nunca mais fisemos isso mais eu ja estou doida pra fazer de novoFiquei tão feliz que nem dormi direito, avisei ao Rezende que a reunião da igreja levaria o dia inteiro e que ele não me ligasse para não interromper o ciclo de palestras. ContinuaEnquanto eu sentava de costas, ele me dizia que aquilo não ia morrer ali, e que escondido ou não o pal dele e minha buceta iam virar amigos íntimos hahah adorei a ideia, e ficamos transando planejando coisas muito maliciosas, traindo nossos parceiros, e isso durou muito tempo. Em seguida senti sua língua penetrando meu cú, ela entrava e saia me causando um frisson maravilhoso, após alguns instantes sinto Alberto em cima de mim, seu pinto em meu rego, ele ajeita, Poe a cabeça no meu cu e força, seu pau é grosso e longo, sinto as pregas se romperem e o pau começa a deslizar para dentro, acho que o Motel inteiro ouviu meus gritos, gritos que foram dando vez a urros, urros de prazer, Alberto bombou meu cú por quase meia hora, gozei inúmeras vezes e acabei desfalecendo na cama.