Putinha Do Cuzinho Gostoso

7 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

7 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Putinha Do Cuzinho Gostoso

Putinha Do Cuzinho Gostoso

E falei – abre essa bunda denovo putinha linda-come minha bunda — mais rapidoooOla amigos, essa é minha primeira postagem no site, tenho varias historias reais que aconteceram comigo durante o tempo em que fui taxista, hoje sou professor de música e não tenho a mesma disponibilidade de tempo que tinha antes, bom quero começar esse conto sobre uma morena casada de 44 anos que conheci pelo Facebook, ela mora numa cidade do interior do estado onde moro, na verdade foi uma dupla traição, ela sendo casada, traiu o marido, e eu, traindo a irmã dela, com quem tenho um relacionamento secreto, pois também é casada, vou chama-la de VAL, pois bem, eu e Val nos conhecemos pelo Facebook, trocamos algumas conversas e logo já eramos íntimos, sempre conversávamos sobre o relacionamento dela, que ia mal, o marido não a satisfazia na cama, em 20 anos de casada, Val poucas vezes chegou ao orgasmo, Val é uma morena de estatura mediana, cabelos negros lisos na altura do bumbum, coxas grossas e torneadas, bumbum tipo XGG, enorme e empinado, uma mulher muito atraente, mesmo com 44 anos de idade, um certo dia ela me disse que estava na capital para resolver uns assuntos particulares, então eu disse que queria ve-la, pois como eramos amigos precisávamos nos conhecer pessoalmente, ela pediu para que eu fosse buscar ela no centro para leva-la em casa, ja que eu era taxista e estava chovendo, prontamente fui buscar ela, e fiquei louco quando a vi, realmente encantadora e muuuuuuuito sexy, estava com um vestido de alça que ia ate os joelhos, percebia-se que estava usando uma calcinha fio dental, pois o vestido marcava bem seu bumbum, quando entrou no carro me deu um abraço e disse que queria ir pra casa, perguntei onde era e ela me passou o endereço, saimos conversando ate que pegamos um pequeno trecho da BR, pois o trajeto exigia, perguntei sobre o casamento, ela disse que estava mal, pois fazia mais de um mes que não tinha relaçoes com o marido, indiscretamente perguntei se estava “a perigo”, ela envergonhadamente respondeu que sim, num ato de impulso coloquei as mãos em suas coxas e comecei a acariciar, senti sua pele arrepiar, perguntei se ela estava com pressa de chegar em casa, ela respondeu que não, então ey entrei no primeiro motel que vi na frente, mal entramos no quarto ela ja estava só de calcinha, fiquei contemplando aquele monumento na minha frente, a coloquei deitada na cama e comecei uma sessão de sexo oral bem demorada, dando uma atenção especial para seu clítoris, ela suspirava e gemia alto, puxava meus cabelos com força pedia mais, ate que gozou, cravou suas unhas nas minhas costas, mas eu não parei, bebi ate a ultima gota do melzinho que escorria de suas pernas, então eu deitei na cama e ela veio por cima, sentou no meu pau, que ja parecia uma barra de ferro, e vi aquela morena deliciosa cavalgar em cima de mim, ela gemia alto, gritava, então ela saiu de cima de mim e ficou de 4, pediu para eu meter com toda a força, atendi prontamente, logo ja estava segurando seus cabelos e socando como ela adorava, senti que ia gozar e ela pediu pra beber meu leitinho, soltei jatos de porra em sua boca, ela dizia que eu tinha feito como nunca ela tinha sentido, depois de uma ducha, ainda ganhei um oral maravilhoso dela, ainda mantemos contato mas nunca mais tivemos a oportunidade de repetir nossa brincadeira, espero que tenham gostado do relato, se tiver alguns comentários relatarei outros contos, garanto que são 100% verdadeiros, gostaria de trocar emails e mensagens de whatts com pessoas de todo o Brasil, fico no aguardo de todos meu whattsapp é 6993189596. – Natalia: Desculpe, você não quer almoçar comigo? (não sei como tive coragem de dizer isso)Sou o Nerd tenho 33 anos somos de sp capital e sempre fui muito tarado, porém muito discreto, em 2010 conheci a minha alma gêmea para o sexo… Vou chama lá de JJ, eu sempre olhava ela com desejos, admirava aquele corpo perfeito, peitinhos durinhos e bumbum empinado, bariga lisinha e cara de santinha, mas eu sabia que por trás de um rosto angelical tinha uma vadia, aos poucos fui me aproximando dela e pouco a pouco começamos a nos conhecer, falar coisas de trabalhos e das nossas vidas e em um belo dia de calor resolvemos tomar uma cerveja após o dia cansativo de trabalho, saímos da empresa e fomos para um bar e começamos a beber e falar sobre as nossas vidas e papo vai papo vem começamos a sair do limite e iniciamos um papo sobre sexo, ela me perguntou se atras de um rosto de nerd tinha um safado e eu falei que não seria um rosto de safado mas sim de um tarado, então eu perguntei para ela se atras de uma mocinha angelical teria uma vadia e ela com um sorriso safado me respondeu que sim e se eu gostaria de conhecer o outro lado da mocinha angelical? respondi imediatamente que sim e pedimos a conta e fomos para um Motel na Marginal Pinheiros de SP, chegamos lá já começamos a nos despir e ela imediatamente abaixou bem devagar pegou na minha rola e falou que era como ela imaginava, eu estava muito exitado com o pau extremamente duro e ela não demorou para iniciar umas belas chupadas com aquela boquinha carnuda, me chupava como nunca fui chupado, colocava toda a minha rola na boca até engasgar e tirava ela toda babada e me dava um sorriso de quem queria muito mais, aos poucos ela foi se soltando mais e mais e então ela virou de quatro e falou para eu bater com o meu pau na bunda dela, respondi imediatamente com um sorriso e iniciei as batidas de rola na bunda dela, aos poucos vi que o clima estava mais que quente e então iniciarmos uma foda animal, a JJ gemia muito, nunca ouvi uns gemidos tão altos e gostoso, isso me dava mais tesão e cada gemida era uma estocada mais e mais forte, fizemos um sexo gostoso em todas posições possíveis e imagináveis, então para finalizar ela debruçou na cama empinou aquele bumbum e me pediu para eu foder o seu cuzinho, mais que de pressa eu coloquei a cabeça do meu pau na portinha do cuzinho dela e comecei a colocar bem devagar, aos poucos ela foi relaxando e minha rola foi sumindo em seu cuzinho, começamos bem devagar e aos poucos fui aumentando as estocadas em seu bumbum e ela adorando a maneira em que eu esta fodendo aquele cú gemia muito, dei umas belas bombadas e depois de um bom tempo de foda ela começou a se masturbar e gemia mais e mais alto até gozar, depois que ela gozou muito ela me pediu para eu encher o rabinho dela de leite quente, isso me deu um tesão que na hora eu bombei mais forte e comecei a gozar como um louco… depois desta foda viramos dois putos, safados, transamos muito mais e em vários locais da empresa, mais estes outros eu vou contar para vcs nas próximas oportunidades.

Não sou dotado de nada sou normal, mas tenho uma pica que fica dura feito pedra, minha amada adora, desde os 26 anos leio conto erótico nunca acreditei na maioria deles mas agora que vivo isso venho aqui para contar a minha história sexual com minha quase esposa, uma loirinha linda de seios pequenos duros bucetinha linda as vezes com pelos loiros, pernas e braços pintados, coxas grossas, com seus 32 anos, transformei ela numa safadinha, não entendemos o porque que nos excitamos com os contos e os mais variados possíveis eu sempre me excitei imaginando minha namorada e outro cara, ou com outra mulher, e as mulheres são mesmo putas no bom sentido da palavra cada uma de forma específica e nós homens adoramos esse comportamento delas porém que não fuja do nosso controle…basta passarmos segurança e deixá-las se sentirem a vontade para fazer o que elas quiserem no meu caso aconteceu de forma natural uma vez estava no carro com minha namorada e pedi para ela ficar com a bunda encostada na janela e chupar meu cacete falei de forma de brincadeira mas ela prontamente atendeu e começou a me chupar de forma que minha pica ficou dura feito pedra e ela me perguntou amor porque seu cacete ficou assim tão duro e eu respondi é que tem um cara vindo em nossa direção ela se assustou um pouco mas eu disse que tudo bem ele só estava olhando, mas ele veio se aproximando e ficou bem de perto olhando com a cara de guloso pra bunda de minha namorada que estava com uma calcinha toda enfiada na bunda de repente o cara tirou a pica pra fora fiquei um pouco receoso e mandei ele se afastar e ela se sentar quando ele se afastou pedi a ela pra recomeçar mas agora com os peitinhos livres e com a calcinha mas dentro ainda daquela bunda maravilhosa, ela começou a chupar meu cacete novamente com aquele bundão para fora da janela do carro e o cara quando viu se aproximou muito que não vimos pois o tesão era muito e só percebemos quando ele pediu para passar a mão na bunda dela ficamos pasmos com e pedido atrevido dele e perguntei a ela se podia e ela disse que por ela tudo bem se eu deixasse é claro e então fiquei um pouco com raiva, ciúmes e tesão , o tesão foi mas forte pois nunca tinha visto ela ser putinha assim, então deixe o cara tocar na bunda dela, ele alisava toda a bunda com a calcinha toda enfiada enquanto ela chupava meu cacete que já estava prestes a gozar em sua boca foi quando ouvir ela dizer com a voz rouca e bem baixinho mete sacana, fiquei curioso quando olhei o cara estava enfiando o dedo na buceta dela sem o menor pudor foi quando ele afastou a calcinha e começou a chupar a buceta dela e a minha namorada estava se transformando em uma putinha safada e eu sem saber o que fazer pois estávamos em um estacionamento em nossa cidade, mas estava muito gostoso ver tudo aquilo e ainda ser chupado por minha safadinha, ela tirou o meu pau da boca olhou pra traz e falou chupa seu safado não é isso que você quer e voltou a chupar minha pica e bateu uma punheta toda meladinha não pude mais segurar e gozei tudinho em sua boca não precisou pedir quando o cara viu que eu tinha gozado saiu agradeceu por ter deixado ele sentir um pouco daquela mulher gostosa, ela tirou a calcinha limpou meu cacete e saímos em silêncio, ao chegar em casa pedi a ela que fosse tomar um banho e depois eu dei um banho de língua nela chupando toda a bucetinha e bunda dela que é linda retribuindo o prazer que ela havia me dado ela não queria gozar em minha boca e pediu que enfiasse minha caceta que já estava dura feito pedra assim meti tudo não demorou muito e ela gozou gritando muito, tomamos outro banho, nos beijamos e fomos dormir agarradinho.