Secretaria Safada Levei Na Hora Do Almoço E Essa Gosta De Uma Rola

14 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

14 seg

Categoria:

Tag:

Secretaria Safada Levei Na Hora Do Almoço E Essa Gosta De Uma Rola

Secretaria Safada Levei Na Hora Do Almoço E Essa Gosta De Uma Rola

A brincadeira estava muito gostosa mas o bom senso fala mais alto: levei ele pra cama, encapei o bicho e pedi pra ele me comer logo.

como muitos que leram sabem que fui apresentado ao prazer por meu tio, então com 18 anos, me recordo, devido a seu corte de cabelo e as fardas que ele usava frequentemente….

Ele tirou a camisolinha dela, a calcinha e pôde admirar o belo corpo da secretária, apesar da diferença de tamanho entre eles, ela era uma graça, realmente.

Agora ele sabia que além de gostosa era safada. Essa puta está doida pra ter 25 cm de rola no cu. Percebi que ela foi no quarto e mudou de roupa ,botou um shortinho indecente branco que aparecia a polpa da bunda e voltou pra sala, fomos jogar videogame , e toda hora eu via ela passando na porta do quarto olhando meio que querendo se mostrar e ela deve ter percebido que eu estava olhando de outra forma pro corpinho dela, enfim chegou a hora do almoço"Apoiou-se as mãos na barra de proteção, curvou-se e abriu as pernas. Principalmente porque o filho meu querido noivo…não tinha isso.

Me posicionei próximo a janela que dá visão para o primeiro andar. Mariangela após após descobrir que eu e a prima dela transamos várias vezes no motel, isso porque a própria Flávia contou, exigiu também ser comida e do mesmo jeito, insistiu que quer dar para mim, seu próprio pai! Ainda por cima quer meu cartão de crédito para renovar o seu guarda roupa, quer se vestir igual a prima e acha que não tem roupas legais:-Tres mil pai. Leon para pôr um momento e Maya reclama ah amor continua…Leon sobe beijando o corpo de Maya chegando aos seios e ao pescoço, chegando no ouvido começou falar as besteirinhas que ela tanto gosta.

(E ninguém viu, nem Paty!) Fui na frente para a piscina, até porque queria mergulhar logo para disfarçar o que estava “acontecendo” comigo naquele momento.