Socando Com Força

Socando Com Força

Socando Com Força

Acordamos tarde no domingo e só nos encontramos quase hora do almoço, Mauro se desculpando por ter acordado tão tarde e dizendo que precisava ir, mas insistimos que ficasse para o almoço e deixasse para ir embora mais tarde para curtirmos o domingo. Já estava começando a desistir das minhas fantasias pois se nem aquela mulher fogosa e tarada aceitava realizá-las, qual outra mulher iria aceitar ?.

E pediu pra ela tirar o resto. Eu e Rodrigo conversávamos sobre tudo, éramos confidentes um do outro e ele sempre reclamava da relação com a minha cunhada, por ela ser fria na cama, que sempre arrumava uma desculpa pra não ir pra cama com ele e que ele sempre tinha que se virar sozinho, tomar banhos gelados e tal. Se eu gritasse o aperto ficava mais forte. Quando percebeu que eu reagira bem àquela penetração cruel ele passou a bombar, em princípio lentamente e depois com mais força.

BeijosAinda estava voltando a Terra quando ele se levantou e me puxou pra um beijo , sentindo meu gosto na sua boca …. Eu fui bem piriguete so pra provocar com um shorts curto mais não mostrando a bunda e uma blusa bem apertada meio decotada pois eu tinha bastante peito. Meu nome é Rodrigo, sou um rapaz branco, loiro e magricela. Ela lembrava, em detalhes, de um dia em que Tomaz chegou perto do meu colchão e colocou seu pau entre meus peitos e ao abrir o olho abocanhei aquele pau gostoso e minha primeira refeição do dia foi aquele gozo gostoso na minha boca.

Resolvi ir até o Sex Shop para me aliviar pois minha mãe estava em casa e eu não poderia ficar a vontade.

Deixei limpinho o pau do meu macho que disse:bebeu tudo? Puta faminta. Disse que também ia tomar um banho e queria que ele voltasse pra tomarmos umas cervejas, já que era sexta à noite e para quebrar o gelo quis saber se ele não iria à cidade. Fui metendo, socando cada vez mais forte.