Sogro Tarado Transou Com A Namorada Gostosa Do Seu Filho

Sogro Tarado Transou Com A Namorada Gostosa Do Seu Filho

Sogro Tarado Transou Com A Namorada Gostosa Do Seu Filho

"Este fato aconteceu a alguns anos,eu na época tinha 18 anos e ela tinha 16,era feinha mas tinha um bundão grande e empinado,os seios duros as coxas grossas,de corpo a isabel era um espetáculo(vou chamá-la assim) ela sempre ia la em casa me procurando mas eu olhava pra ela e o pau não subia,até que um dia ela chegou la em casa dizendo que ia embora pra são paulo morar com a mãe e que nunca mais íamos nos ver,mas que ela era doida por mim essa coisas,eu comecei a olhar pras pernas dela,a bicha vestia um shortinho curtinho ligado,e uma tomara que caia,comecei a me animar com aquele corpão,mas logo minha mãe chegou,nós disfarçamos e ela foi embora mas fiquei com tesão nela,depois do almoço minha mãe voltou pro trabalho e eu fiquei sozinho em casa novamente,meia hora depois ela chegou mandei ela entrar passei o cadeado no portão e começamos a conversar na sala,fui me aproximando mais pra cima dela,e disse a ela que ela ia levar uma lembrança minha,comecei a beijá-la passar a mão nas coxas o pau começou a subir logo peguei a mão dela e coloquei nele,ela apertou e começou a me punhetar bem gostoso puxei a blusa dela colocando aquele peitinho duro pra fora comecei a chupar os bicos morder e ela gemendo bem gostoso apertando meu cacete,deitei ela no sofá e comecei a tirar o short dela que meia envergonhada mas liberou,deixei ela pelada e pude ver que era tudo grande e durinho,afastei as pernas dela me ajoelhei e comecei a lamber a bucetona lisinha dela ela apertava a almofada e gemia gostoso,fiquei em pé e coloquei meu cacete que estava durissimo cara a cara com ela,ela alisava e meio sem jeito beijou,segurei na cabecinha dela e fiz com que abocanhasse a vara ela fechou os olhos e mamou deliciosamente eu empurrava com mais força devez em quando encostava na garganta ela queria parar mas eu não deixei,apertava os peitos e socava toda a rola naquela boquinha quente,depois tirei e me posicionei pra enfiar nela que ficou tentando argumentar que tava com medo,que era virgem mas eu estava tarado e não tinha nada ali que me empedisse de meter a rola nela,comecei a beijala pedi pra relaxar que ia gostar,que ela dizia que me amava então tinha que ser o primeiro,e facilmente a bichinha liberou,comecei a empurrar o cacete na xotinha arrochadinha dela,quase não entrava mas com jeitinho consegui aos pouco fui colocando,e ela dava gritinhos mas eu empurrava até tirar aquele cabaço foi maravilhoso ver aquela morena gemendo e querendo chorar,soquei o cacete todinho nela e quando estava quase gozando tirei e gozei em cima daquela bucetona não aguentei dar outra mas fiquei com vontade,se eu soubesse tinha comido ela a mais tempo,no dia seguinte ela viajou e nunca mais eu a ví,soube que casou e que tem vontade de vir visitar a vó,tomara que venha e que esteja gostosa,eu casei mas continuo safadinho. com"Olá pessoal sou novo por aqui e vou relatar um conto que aconteceu recentemente, tenho 23 anos sou casado e minha mulher tem um filho, o Gabriel. Pegou o chicote de minha mao e me bateu na carafoi quando meu pau começou a latejar e ela percebeu e começou a se mexer de vagar e firmepeguei e agarrei da cintura dela e ela falouvocê nao pode gozar dentro de min,e eu falei vou gozar dentro do seu cuzinho sua deliciadeitei ela novamente em minha cama e fui estocando todo meu pau nela ela gemia muito muito delicioso quando estava quase gosando ela pede para nao gozar nela ela fala que quer que eu arrombe o cuzinho delaeu pego e vo colocando a cabeça de vagar e ela começa a gemer e ai eu coloco todo ele de uma vez e ela grita ai meu deus que coisa grande e grossa que delicia <3eu vou gozar seu gostosoooeu que vou gozar nesse cuzinho tao apertadinhoela começa me arranhar e começa a gemer a cada estocadacada vez mais firme e mais rapidoate eu gozar dentro daquele cuzinho gostosoai beijei ela e ela falaGabriel que pika grande e gostosame deixou toda arregaçadinhaai ela se levnta com bastante dor na bundinhae eu dou um tapa fortee falo safadinhaque unhas delicias minhas costas estão toda cortadas sua vadia deliciaela- meu delicia me arregaça todaeu- e mas deixa para proxima vc deve ir buscar seu irmaozinhosafadinhalevo ela ate aporta eu so de bermuda dessa vezdou um tapa na bunda dela e um beijo nelae ela saialguns minutos depois ela me ligae falameu safado <3 to toda arregaçadinha meu roludoeu- delicia adorei te arregaçar minha gostosa….

Depois disso deitei ele no chão e lambi o pau gostoso dele, eu lambia as bolas dele e dava umas mordidinhas na ponta daquele pau vermelho,e lambia cada vez mais, eu resolvi que ele ia meter em minha de uma forma diferente, deitei e coloquei ele em cima de mim com o pau já dentro começei a fazer aqueles movimentos e ele ajudava fazendo também foi uma ótima transa depois ele meteu em mim da forma tradicional e ainda meteu no meu cozinho aí foi delicioso depois bati uma punheta nele e ele gozou muito no meu rostoDepois conto pra vcs como transei com um mendigo de pau gostosoBeijinhos"– Alex, você já transou com mulheres mais velhas?Este não é um conto qualquer,não é uma narrativa do meu imaginário ou a descrição de algo que não participei.

No primeiro dia ocorreu tudo normal, mas antes de ir sempre tinha um pensamento de ver minha namorada transando com dois homens ao mesmo tempo, o que não sabíamos é que isso estava prestes a acontecer. gozamos juntos…os putos aplaudiram nossa sacanagem…depois Moacir quis me penetrar mas eu estava doído e ele meteu em Anderson e bombou até gozar…Depois dessa iniciação do meu sogro,fomos todos pra dentro da piscina e brincamos como meninos na puberdade,secamos os frigobares dos quartos e dormimos todos pelados,mas gozados…até que entrou um novo elemento na nossa estória e no nosso grupo.